Alckmin define novo reitor da USP Divulgação - publicada em 14. 11. 2017 - atualizada 14h28 Engenheiro civil formado pela Poli, Vahan foi o mais votado da lista tríplice; governador anunciou a escolha nesta segunda-feira (13)
Opções
a- / 
a+
Indicar

Imprimir

Achei um erro

O governador Geraldo Alckmin escolheu na segunda-feira (13) os professores Vahan Agopyan e Antonio Carlos Hernandes como os novos reitor e vice-reitor da USP – Universidade de São Paulo. A chapa formada pelos professores foi a mais votada, com 1092 votos, na eleição realizada no dia 30 de outubro e encabeçava a lista tríplice.

O novo reitor da USP, Vahan Agopyan, é engenheiro civil formado pela Escola Politécnica (Poli), mestre em Engenharia Urbana e de Construções Civis pela mesma instituição e PhD pela Universidade de Londres King’s College.

Professor da USP desde 1975, foi vice-diretor e diretor da Poli; diretor-presidente do Instituto de Pesquisas Tecnológicas do Estado de São Paulo (IPT); coordenador de Ciência e Tecnologia da Secretaria de Desenvolvimento do Estado de São Paulo; e vice-presidente do Conselho Internacional para Pesquisa em Inovação em Edificação e Construção. Também foi pró-reitor de Pós-Graduação da USP no período de 2010 a 2014 e, atualmente, ocupa o cargo de vice-reitor da Universidade.

O novo vice-reitor, Antonio Carlos Hernandes, é professor titular do Instituto de Física de São Carlos (IFSC) desde 2008. Graduou-se em Física pela Universidade Estadual de Londrina (UEL) e obteve título de doutor em Física Aplicada pela USP, com estágio na Universidade de Gênova, na Itália.

É coordenador de Ensino e Difusão Científica do Centro para o Desenvolvimento de Materiais Funcionais (Cepid/Fapesp), vice-coordenador do Instituto Nacional de Ciência e Tecnologia (INCT) de Materiais em Nanotecnologia e coordenador do Centro de Tecnologia de Materiais Híbridos, um dos Núcleos de Apoio à Pesquisa da USP. Também foi diretor do IFSC no período de 2010 a 2014. Atualmente, ocupa o cargo de pró-reitor de Graduação da Universidade.

O mandato dos novos dirigentes é de quatro anos (período de 2018 a 2022).

Fonte: Governo do Estado de SP

Tem mais informações sobre esta asunto? Partilhe sua experiência. Seja um Repórter!
Indicar
Imprimir
Achei um erro
Indicar


PUBLICIDADE - Anuncie aqui.