Entrega das unidades de saúde é prorrogada Divulgação - publicada em 8. 11. 2017 - atualizada 9h24 Obras foram abandonadas na administração anterior e retomadas neste ano pela atual gestão.
Opções
a- / 
a+
Indicar

Imprimir

Achei um erro

O Ministério da Saúde prorrogou o prazo final para a conclusão das obras das seis unidades de saúde da família, abandonadas pelo governo anterior e retomadas nesta gestão. A nova prorrogação, comunicada nesta terça-feira (07) à prefeitura, permite que o município entregue as unidades completamente construídas até janeiro de 2018.

“Assim que  a atual administração teve início, no início deste ano, começamos a tomar providências para retomar as obras paralisadas”, explica o secretário de Saúde, Djair Francisco. “Abrimos diálogo com o Ministério da Saúde, conseguimos prazo extra, inicialmente até este mês de novembro e, com as obras em estágio avançado de execução, conseguimos estender esse prazo para janeiro”, acrescenta Djair.

As últimas medições, feitas pelo setor de Engenharia da Secretaria de Saúde, mostram o panorama avançado da execução das obras. A USF Santa Elisa/Figueira está praticamente concluída, com 95,07% das obras terminadas. Para a entrega dessa unidade, prefeitura aguarda o término da compra dos móveis e alguns equipamentos.

Também em estágio final de conclusão está a USF do São Miguel, 90,85% das obras prontas. As outras obras em andamento são as USF’s do Jardim Progresso (81,33%), Bela Vista (70,93%), Jardim Brasília (70,23%) e Vila Verde/Mãe Preta (60,60%).

A conclusão das obras e o pleno funcionamento das seis novas unidades de saúde da família, que fazem parte do Programa Mais Saúde, ampliarão o atendimento de Rede de Atenção Básica do SUS (Sistema Único de Saúde) em Rio Claro em mais de 30%.

As equipes da Atenção Básica da prefeitura estão em fase final no trabalho de territorialização, isto é, do cadastramento das famílias dos bairros que serão atendidas pelas novas unidades.

Tem mais informações sobre esta asunto? Partilhe sua experiência. Seja um Repórter!
Indicar
Imprimir
Achei um erro
Indicar


PUBLICIDADE - Anuncie aqui.