Construção do muro da escola Caic terá início Divulgação - publicada em 17. 10. 2017 - atualizada 14h44 Obra é aguardada pela comunidade escolar há mais de 20 anos.
Opções
a- / 
a+
Indicar

Imprimir

Achei um erro

A construção do muro no entorno das escolas “Jardim das Palmeiras – Caic” e “Isolina Huppert Cassavia”, localizadas no Jardim Brasília 1, deve começar ainda neste mês. A prefeitura de Rio Claro já emitiu ordem de serviço para o início da obra muito aguardada pela comunidade escolar. O investimento é de R$ 224,7 mil. O muro terá 400 metros de extensão e vai substituir o alambrado que hoje cerca as duas escolas. O prazo de execução previsto é de sete meses.

Pais, diretores e funcionários das escolas receberam a informação do prefeito João Teixeira Junior, o Juninho da Padaria, que esteve nas unidades de ensino nesta segunda-feira (16) acompanhado do secretário da Educação, Adriano Moreira, e do diretor de Planejamento, Paulo Apolari.

“Estou muito feliz por poder atender essa antiga reivindicação da comunidade escolar. Com o muro as crianças terão mais segurança para desenvolver suas atividades”, comenta Juninho, lembrando que como vereador lutou muito para que a construção do muro se tornasse uma realidade, o que está sendo feito agora em sua gestão como prefeito. Na Câmara Municipal, a construção do muro também foi solicitada através de requerimento do vereador Rafael Andreeta.

Leliane Zácamo, diretora da escola Caic, lembra que a construção do muro vem sendo solicitada desde a inauguração da escola em 1996. “É um pedido antigo que felizmente está sendo atendido agora. Além da segurança, outra vantagem do muro é que poderemos aproveitar melhor a área externa da escola, que hoje é subaproveitada”, explica a diretora.

Mãe de duas crianças que estudam na escola Isolina Huppert Cassavia, Naraiana Alves Albino comemora o início iminente da obra. “Ter um muro de alvenaria será muito bom e dará maior segurança para as crianças porque o alambrado é muito frágil”, afirma.

O secretário da Educação, Adriano Moreira, ainda informa que a escola “Armando Grisi”, no Jardim Paulista 2, também terá parte do muro de arrimo reconstruído, obra aguardada pela comunidade escolar há quase dez anos. O serviço está em fase de licitação. “Essa conquista é muito significativa para a escola e vai impedir que o problema se agrave”, finaliza o secretário.

 

Tem mais informações sobre esta asunto? Partilhe sua experiência. Seja um Repórter!
Indicar
Imprimir
Achei um erro
Indicar


PUBLICIDADE - Anuncie aqui.