Santa Filomena fará cirurgias pelo SUS Divulgação - publicada em 17. 10. 2017 - atualizada 14h22 Investimento de R$ 250 mil será custeado pelo Ministério da Saúde.
Opções
a- / 
a+
Indicar

Imprimir

Achei um erro

O Hospital Santa Filomena de Rio Claro vai realizar mutirão de cirurgias eletivas para os pacientes do Sistema Único de Saúde (SUS) que estão na fila de espera da Central de Vagas do município, alguns desde 2014. O hospital particular foi o vencedor da licitação realizada pela prefeitura de Rio Claro, por meio da Secretaria de Saúde, para o credenciamento de entidades filantrópicas, entidades sem fins lucrativos e empresas privadas para a realização dessas cirurgias.

A medida faz parte do programa Mais Saúde, ação do município para reduzir a fila de espera que, no início deste ano, era superior a 37 mil procedimentos. Somente para cirurgias, a fila é de 7.400 procedimentos em várias especialidades. “Não queremos mais que uma cirurgia não emergencial se torne uma urgência por conta da demora na sua realização”, comenta o prefeito João Teixeira Junior, o Juninho da Padaria, lembrando que, além de credenciar o hospital Santa Filomena, o município também vem tomando uma série de outras ações, como é o caso do Espaço Mais Saúde, complexo médico-hospitalar instalado na Avenida Visconde onde estão sendo realizados consultas, exames e cirurgias de média e pequena complexidades.

Todos os procedimentos realizados pelo Santa Filomena serão pagos em valores previstos na tabela do SUS. Procedimento cirúrgico eletivo é todo aquele atendimento prestado ao usuário com diagnóstico estabelecido e indicação de realização de cirurgia a ser realizada em estabelecimento de saúde ambulatorial e hospitalar com possibilidade de agendamento prévio, sem caráter de urgência ou emergência. Os recursos para a realização dessas cirurgias pelo hospital privado serão recebidos pelo município do Ministério da Saúde, por meio do programa de mutirões de cirurgias eletivas. Cerca de R$ 250 mil serão investidos.

“Trata-se de mais um investimento na saúde de Rio Claro e que, neste caso, não terá custos para os cofres públicos municipais, auxiliando muito na diminuição da fila de espera”, comenta o secretário de Saúde, Djair Francisco, ressaltando que há pacientes que estão nessa fila há mais de três anos. O hospital Santa Filomena receberá os pacientes previamente agendados pela Central de Regulação da Secretaria de Saúde.

Tem mais informações sobre esta asunto? Partilhe sua experiência. Seja um Repórter!
Indicar
Imprimir
Achei um erro
Indicar


PUBLICIDADE - Anuncie aqui.