Fachada da antiga estação terá cor original Divulgação - publicada em 10. 10. 2017 - atualizada 9h7 Nova pintura que está sendo realizada dará à fachada do prédio o mesmo colorido de 1911.
Opções
a- / 
a+
Indicar

Imprimir

Achei um erro

A renovação da pintura do muro e fachada da antiga estação ferroviária, marco da região central de Rio Claro, não está apenas deixando o prédio mais bonito. O trabalho também é um resgate histórico no qual as cores originais serão recuperadas, devolvendo o colorido que o prédio centenário exibia quando foi inaugurado em 1911. “Nunca foi feito um trabalho semelhante em intervenções anteriores na estação”, comenta Mônica Frandi Ferreira, superintendente do Arquivo Histórico de Rio Claro. Arquiteta, Mônica coordenou a minuciosa ação na qual as cores originais da fachada do prédio foram reveladas.

Chegar à pintura original foi um trabalho técnico e especializado, chamado de prospecção parietal, que deve ser feito somente por profissionais habilitados da área de arquitetura e urbanismo. Coordenadora do curso de Arquitetura da Asser, Mônica Frandi desenvolveu a pesquisa na antiga estação com o auxílio voluntário dos alunos Ícaro Fassoli e Beatriz Gouvêa. As prospecções cromáticas na fachada foram feitas descascando com bisturi todas as camadas de tinta, até chegar ao reboco, e revelaram que a parte frontal da estação foi originalmente pintada nas cores verde e creme, com barrado marrom.

Patrimônio histórico e arquitetônico do município, a estrutura da antiga estação ferroviária é um bem tombado pelo Conselho de Defesa do Patrimônio Histórico, Arqueológico, Artístico e Turístico (Condephaat), que autorizou a intervenção do município. Além de toda a extensão do muro, na Rua 1, entre  avenidas 2 e 3, os bancos do terminal de ônibus urbano também terão a pintura renovada. A revitalização é um trabalho feito em parceria pela prefeitura e a empresa Rápido São Paulo, concessionária do transporte coletivo de Rio Claro.

Recentemente, em outra ação da prefeitura, a antiga estação passou a ser sede da segunda Central de Segurança Integrada (CSI) do município e ganhou mais 14 câmeras de monitoramento. “Cuidar da antiga estação é valorizar uma parte fundamental da história de Rio Claro”, comenta o prefeito João Teixeira Junior, o Juninho da Padaria.

Tem mais informações sobre esta asunto? Partilhe sua experiência. Seja um Repórter!
Indicar
Imprimir
Achei um erro
Indicar


PUBLICIDADE - Anuncie aqui.