RC pode se tornar a Capital do Balonismo Divulgação - publicada em 5. 10. 2017 - atualizada 9h27 Deputado federal Capitão Augusto apresentou projeto de lei concedendo a Rio Claro o título de Capital Nacional do Balonismo.
Opções
a- / 
a+
Indicar

Imprimir

Achei um erro

Rio Claro poderá se tornar a Capital Nacional do Balonismo. A proposta que confere o título ao município consta de projeto de lei apresentado à Câmara Federal pelo deputado José Augusto Rosa, o Capitão Augusto. A conquista do título abre possibilidade da cidade receber recursos estaduais e federais para realizar o evento sem onerar os cofres municipais, o que não acontecia nos anos anteriores O prefeito João Teixeira Junior, o Juninho da Padaria, recebeu a informação do próprio parlamentar durante reunião nesta quarta-feira (4) em Brasília.

Juninho está em Brasília em busca do apoio de deputados e senadores para aprovação de projetos apresentados pela prefeitura ao governo federal. Em reunião com o deputado em busca de auxílio para ampliar o sistema de monitoramento eletrônico em Rio Claro, o prefeito recebeu a notícia sobre o projeto de lei.

“Rio Claro tem vocação para essa modalidade esportiva”, justifica o deputado Capitão Augusto, observando que o título irá projetar nacionalmente o nome de Rio Claro e ajudar na captação de recursos, já que uma das exigências do Ministério do Turismo para liberação de verbas é que o evento esteja contemplado em lei federal.

Com dificuldades financeiras, Rio Claro não realizou o campeonato de balonismo neste ano, dando prioridade para investimentos na saúde. “O município não dispõe de recursos e se conseguir apoio financeiro poderá realizar o campeonato de balonismo e outras atividades que oferecem oportunidade de lazer à população”, explica.

O deputado explica que será necessário realizar audiência pública em Rio Claro para obter a concordância da população, das entidades ligadas ao esporte e da prefeitura para que o projeto de lei possa tramitar na Câmara Federal. O projeto é conclusivo e não depende de aprovação em plenário. Assim que for aprovado pelas comissões poderá ser encaminhado ao Senado.

Tem mais informações sobre esta asunto? Partilhe sua experiência. Seja um Repórter!
Indicar
Imprimir
Achei um erro
Indicar


PUBLICIDADE - Anuncie aqui.