Claretiano tem 120 inscritos para medicina Divulgação - publicada em 3. 8. 2017 - atualizada 8h45 Inscrições para o vestibular devem começar em setembro e a procura pelas vagas já começou. Curso terá 60 vagas, sendo cinco destinadas a bolsistas do Prouni.
Opções
a- / 
a+
Indicar

Imprimir

Achei um erro

A procura pelas vagas do curso de medicina em Rio Claro já começou. Em apenas um dia foram realizadas 120 inscrições de candidatos interessados em cursar a graduação que será oferecida pelo Claretiano Faculdade. As provas do vestibular deverão ser aplicadas no dia 13 de dezembro pela Fundação Vunesp. As aulas terão início em 18 de fevereiro do ano que vem. No total serão oferecidas 60 vagas, sendo cinco destinadas a candidatos do Prouni (Programa Universidade para Todos).

As informações foram divulgadas em coletiva de imprensa realizada nesta quarta-feira (2) no paço municipal. O prefeito João Teixeira Junior, o Juninho da Padaria, comentou que a postura do governo sempre foi continuar os projetos que beneficiam o município. “Quando o projeto é bom e beneficia a cidade não tem porque não dar continuidade. Ao longo dos anos, esse curso vai melhorar o atendimento nas unidades de saúde beneficiando diretamente a população”, destacou Juninho.

O secretário municipal de Saúde, Djair Francisco, afirmou que toda a rede de urgência e emergência está à disposição da faculdade e que os profissionais estão comprometidos com o projeto. “A viabilização do curso é fruto de esforço conjunto que trará benefícios a toda a comunidade”, declarou.

Vice-presidente da Câmara Municipal, o vereador Júlio Lopes observou que a faculdade de medicina é a concretização de um sonho. “O fruto que está sendo plantado hoje vamos colher no futuro”, disse. “É uma grande conquista de Rio Claro”, resumiu o deputado estadual Aldo Demarchi que ressaltou ainda o fato do prefeito Juninho ter colocado o interesse público acima da política partidária ao conduzir esta reta final do processo de credenciamento de Rio Claro para o curso de medicina.

O padre Luiz Botteon, diretor geral do Claretiano Faculdade, lembrou da longa fase de classificação até a autorização para instalação do curso de medicina em Rio Claro. O diretor frisou que o maior beneficiário será a população da cidade que será assistida pelos futuros médicos. “Serão 120 alunos do quinto e sexto ano da graduação que vão fazer residência médica nas unidades de saúde, atendendo gratuitamente a comunidade”, explicou Botteon salientando que, além da formação técnica, a faculdade também terá como foco a formação humana dos profissionais.

Da coletiva de imprensa também participaram o vice-prefeito e secretário de Segurança, Marco Antonio Bellagamba; a presidente do Fundo Social de Solidariedade, Paula Silveira Costa; o médico Jair Vergínio Júnior – gerente da Atenção Básico de Saúde e coordenador do curso de medicina, os vereadores Seron do Proerd, Geraldo Voluntário, José Pereira, Maria do Carmo Guilherme, Rafael Andreeta, Irander Augusto Lopes, Val Demarchi, Adriano La Torre e Yves Carbinatti; o secretário da Educação, Adriano Moreira, e outros secretários municipais.

Tem mais informações sobre esta asunto? Partilhe sua experiência. Seja um Repórter!
Indicar
Imprimir
Achei um erro
Indicar


PUBLICIDADE - Anuncie aqui.