Novo contrato visa ampliar mais atendimento Divulgação - publicada em 22. 4. 2017 - atualizada 10h57 O novo contrato também deverá marcar o início de um novo modelo de gestão e terá primeira reunião na próxima terça-feira
Opções
a- / 
a+
Indicar

Imprimir

Achei um erro

Gestores públicos municipais, representantes da Regional de Saúde e da Santa Casa de Misericórdia afinaram entendimento para que o município de Rio Claro estabeleça o quanto antes um novo modelo de gestão na prestação de serviços à população pelo Sistema Único de Saúde (SUS). “Vamos manter este diálogo com o único compromisso de ampliar os serviços de saúde aos que mais precisam”, afirmou o prefeito João Teixeira Junior, o Juninho da Padaria, durante a reunião realizada na tarde de quinta-feira (20), no Paço Municipal.

Para o presidente da Câmara de Vereadores, André Godoy, “Rio Claro vive um novo momento, com pessoas de coragem e imbuídas em fazer o que é preciso, de forma clara e transparente”.

Na próxima terça-feira (25), equipes da Fundação Municipal de Saúde e da Santa Casa de Misericórdia estarão reunidas para discutir o novo contrato de pactuação, que deverá ser baseado em um novo modelo de gestão, com pagamentos por produtividade e pela realização de procedimentos.

 “A Santa Casa é fundamental para garantir ao município a integralidade do atendimento médico que a população precisa. Estamos ampliando o diálogo com a Santa Casa que é a referência no atendimento da saúde em Rio Claro”, ressaltou o secretário municipal de Saúde, Djair Francisco.

A diretora do DRS, Maria Clélia, se dispôs a auxiliar no que for necessário para a nova pactuação entre Fundação e Santa Casa. O diretor financeiro da Fundação de Saúde, Gilberto Brina, pontuou a necessidade de se ampliar o serviço oferecido hoje pela Santa Casa, bem como a proposta de se contratar a instituição também por custos de procedimentos a serem realizados.

O médico Marco Aurélio Mestrinel, representante da Santa Casa, também expôs a disponibilidade da instituição em firmar uma nova parceria com a saúde pública em Rio Claro.

Também estavam presentes à reunião o presidente do Conselho Municipal de Saúde, José Domingos de Almeida, os vereadores Rafael Andreeta, Hernani Leonhardt, Seron, Thiago Yamamoto, Yves Carbinatti, Maria do Carmo Guilherme, Paulo Guedes, Carol Gomes, Geraldo Voluntário, Irander Augusto, José Pereira dos Santos, Julio Lopes, Luciano do Bonsucesso e Adriano La Torre, e a gerente técnica da Federação das Santas Casas e Hospitais Beneficentes, Maria Fátima da Conceição.

Tem mais informações sobre esta asunto? Partilhe sua experiência. Seja um Repórter!
Indicar
Imprimir
Achei um erro
Indicar


PUBLICIDADE - Anuncie aqui.